Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Do que tu precisas é de dois swaps

por Frederico V Gama, em 03.05.13

O primeiro ministro vai hoje à noite anunciar cortes de seis mil milhões. É escusado. O governo deve demitir-se imediatamente, apresentar a conta de exploração corrente e deixar a Portela com destino à Nova Zelândia. Concomitantemente, o país deve eleger por televoto um governo que lhe agrade, que diminua rapidamente o desemprego, ponha tudo isto a crescer (ninguém percebeu ainda que o problema é do crescimento, e que Gaspar e Santos Pereira são baixotes), desça a idade para o consumo de drogas leves, aumente os salários, baixe os impostos, traduza o blog de Paul Krugman, construa a terceira auto-estrada entre Lisboa e o Porto e abra concursos para a função pública. A receita dos SMS de valor acrescentado do televoto eleitoral pode ser aplicada na criação de ciclovias. Mas o importante é que o governo se demita. As ideias de António José Seguro para a criação de emprego, emprego, emprego (repetir três vezes, que eu bem vi), para o crescimento e para a prosperidade são bem conhecidas de todos, e formaremos um governo com jornalistas de esquerda, Ana Drago, pessoas amigas de Paulo Campos, pessoas que vêem Jorge Coelho na televisão e a contribuição do bispo Januário. Mas, antes de tudo, Nova Zelândia com eles. Entregues aos maoris. Nós cá nos arranjaremos. Temos o Galamba, o Arménio Carlos e o Vasco Lourenço. Vai correr tudo bem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:04






Pesquisar

Pesquisar no Blog