Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Isto passa-me

por Rui Passos Rocha, em 13.05.13
O meu homónimo que trabalha na Sportzone do Chiado é a quem se dirigem quase sempre os clientes, mas também os seus colegas vendedores, quando procuram a prancha de surf ideal. a bicicleta mais adaptada, o capacete, a câmara de ar, a luz de presença ou a garrafa mais indicada para os gostos e o orçamento de cada um, que ele intui em segundos. É directo, conciso e cordial, fala um francês decente, o inglês não lhe ouvi e nem o portunhol tenta, porque afinal os vizinhos percebem-no e ele não se rebaixa. É também a ele que pedem arranjos mecânicos básicos. O Rui da Sportzone suspira e é piegas quando não se esquece de que trabalha num ritmo frenético, mas talvez também porque intui que entre quem serve há muito quem não tem o ar cansado dele, que se mantém amável. Ele sabe certamente que a quantidade de trabalho não é o único componente do seu valor, absoluto e relativo. Fui eu que esqueci.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:11






Pesquisar

Pesquisar no Blog